Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de maio de 2012

EXÉRCÍCIOS com MÚSICA sobre CIDADANIA e CIDADE

1- Porque o personagem da música "Cidadão" não pode entrar nos lugares que ele ajudou a construir?
2- O personagem da música "Cidadão" é um migrante porque veio do Norte. Porque ele saiu de sua terra?
3- Porque o personagem da música "Cidadão"só pode entrar na igreja?
4- O que é cidadania?
5- O que deve ser feito para que as pessoas sejam "cidadão de fato"?
___ 

CIDADÃO - LÚCIO BARBOSA

Tá vendo aquele edifício moço?
Ajudei a levantar
Foi um tempo de aflição
Eram quatro condução
Duas pra ir, duas pra voltar
Hoje depois dele pronto
Olho pra cima e fico tonto
Mas me chega um cidadão
E me diz desconfiado, tu tá aí admirado
Ou tá querendo roubar?
Meu domingo tá perdido
Vou pra casa entristecido
Dá vontade de beber
E pra aumentar o meu tédio
Eu nem posso olhar pro prédio
Que eu ajudei a fazer

Tá vendo aquele colégio moço?
Eu também trabalhei lá
Lá eu quase me arrebento
Pus a massa fiz cimento
Ajudei a rebocar
Minha filha inocente
Vem pra mim toda contente
Pai vou me matricular
Mas me diz um cidadão
Criança de pé no chão
Aqui não pode estudar
Esta dor doeu mais forte
Por que que eu deixei o norte
Eu me pus a me dizer
Lá a seca castigava mas o pouco que eu plantava
Tinha direito a comer

Tá vendo aquela igreja moço?
Onde o padre diz amém
Pus o sino e o badalo
Enchi minha mão de calo
Lá eu trabalhei também
Lá sim valeu a pena
Tem quermesse, tem novena
E o padre me deixa entrar
Foi lá que cristo me disse
Rapaz deixe de tolice
Não se deixe amedrontar

Fui eu quem criou a terra
Enchi o rio fiz a serra
Não deixei nada faltar
Hoje o homem criou asas
E na maioria das casas
Eu também não posso entrar



___

1- O que aconteceu com os moradores da Maloca?
2- Qual foi o papel  do Estado nesta desocupação?
3- O que pode ter acontecido com os personagens da música?

SAUDOSA MALOCA - ADONIRAN BARBOSA

Si o senhor não "tá" lembrado
Dá licença de "contá"
Que aqui onde agora está
Esse "edifício arto"
Era uma casa véia
Um palacete assombradado
Foi aqui seu moço
Que eu, Mato Grosso e o Joca
Construímo nossa maloca
Mais, um dia
Nóis nem pode se alembrá
Veio os homi c'as ferramentas
O dono mandô derrubá
Peguemo todas nossas coisas
E fumos pro meio da rua
Aprecia a demolição
Que tristeza que nóis sentia
Cada táuba que caía
Duia no coração
Mato Grosso quis gritá
Mas em cima eu falei:
Os homis tá cá razão
Nós arranja outro lugar
Só se conformemo quando o Joca falou:
"Deus dá o frio conforme o cobertor"
E hoje nóis pega a páia nas grama do jardim
E prá esquecê nóis cantemos assim:
Saudosa maloca, maloca querida,
Dim dim donde nóis passemos os dias feliz de nossas vidas
Saudosa maloca,maloca querida,
Dim dim donde nóis passemo os dias feliz de nossas vidas.

Um comentário:

  1. Professor, estarei entrando em estagio supervisionado em Sociologia no segundo ano do ensino médio, gostaria de uma sugestão de um plano de aula interdisciplinar com Geografia, filosofia ou história que sã as nossas disciplinas de formação no Curso de Ciências Humanas, usando a música Cidadão ou Dando Milho aos pombos.

    ResponderExcluir